The Butterfly Effect I (O Efeito Borboleta I) – Crítica

Este filme conta com um argumento soberbo! Escrito por quem realizou, consegue e bem passar a ideia base ao espectador. Para além da maneira em como é narrado, este filme aborda subtemas como a pedofilia, ou maus tratos a animais, que não só cai muito bem no contexto temporal em que estamos inseridos, como torna tudo ainda mais original.

Surpreendente e mantém-nos colados ao ecrã. Não só é indicado aos estudantes de filosofia, como a qualquer ser humano. Trata de paradoxos desenvolvidos no século XX.  E não é por isto que deixa de ser mainstream. É de fácil compreensão, não estamos a falar de nada complexo ao ponto de exigir 200% da nossa atenção. Qual será a consequência no futuro, da alteração de um acto, através de uma viagem no tempo? Que consequência terá na vida colectiva e individual? É interessante! Cativa!

O caso complexo do protagonista (representado por Ashton Kutcher) é bem explorado e ninguém fica com dúvidas sobre ele. É bem aprofundado e a linha parental do herói, serve aqui para explicar aquilo que precisamos de saber sobre o mesmo. Estamos a falar de ficção científica!  E é de tirar ao chapéu a Eric Bress e Gruber não só pela originalidade, mas também pela maneira em como estruturaram o guião. Temos um inicio, um clímax e três desfechos. Sim há quem não saiba, mas o DVD original oferece-nos três finais distintos. E eu gosto dos três! Fazem sentido! Há motivo para haver estes três finais! Motivo maior do que o de haver 3 filmes. Não foi pensado para ser uma saga. Foi espremido pela produção e o resultado disso foi mau. Mas não é isso que nos tira a excelente opinião sobre o primeiro.

Por respeito ao argumento original, adianto já que não vou críticar nem o efeito borboleta 2 nem o 3. Despede-se já o primeiro, com o respeitável 7.5

PS: Ashton Kutcher não conseguiu sair do papel habitual e apresentou-se com uma representação muito abaixo do surpreendente que o filme é. Amy Smart consegue viver as várias transformações da personagem, de forma minimamente credível.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: